Educação Personalizada - Personalized Learning

Educação Personalizada - Personalized Learning

 

Durante muito tempo a educação seguiu um tradicional modelo “tamanho único” que não reconhecia as diferenças entre os estudantes

No mundo e Brasil começa a despontar a discussão sobre a educação personalizada,

O termo se refere a uma série de estratégias pedagógicas voltadas a promover o desenvolvimento dos estudantes de maneira individualizada, respeitando as limitações e os talentos de cada um. Ele leva em consideração que os alunos aprendem de formas e em ritmos diferentes, já que também são diversos seus conhecimentos prévios, competências e interesses.

Tem sólida fundamentação teórica em grandes educadores, e consistentes resultados práticos em todos os níveis de ensino. É exercida com grande sucesso nos melhores colégios da América e da Europa, mas virtualmente desconhecida no Brasil.

 

Para a implantação desse modelo educacional, a instituição precisa basear-se em uma tríade de fatores. Ter o estudante como o principal foco, preocupando-se acima de tudo com seu sucesso. É necessário também ter professores, capazes de cumprir essa tarefa e a mudança de paradigmas

O motivo que torna a personalização um assunto importante tem estreita correlação com a entrada da tecnologia no universo da educação e as possibilidades antes indisponíveis.

Com um sistema informatizado abrangente a instituição usa  a informação do aluno para gerenciar o uso dos recursos internos, objetivando o progresso e sucesso de cada estudante de acordo com as normas locais e seguindo as regras do MEC.

Paulo Freire  defendia que o aprendizado acontece de verdade quando o aluno é levado a compreender o que ocorre ao seu redor, a fazer suas próprias conexões e a construir um conhecimento que faça sentido para a sua vida.

Por que usar?

A diversidade de opções já é uma realidade em vários aspectos da vida contemporânea,  como o consumo e o entretenimento. Ninguém mais têm à disposição apenas poucos canais de televisão, por exemplo, mas pode assistir a filmes sob demanda em qualquer horário ou ritmo. A maneira como as pessoas consomem informações e notícias também se transformou completamente, de forma que é possível filtrar e encontrar conteúdos aprofundados a partir dos interesses e necessidades de cada um. Se a sociedade está oferecendo possibilidades de personalização em diversas áreas, seria estranho não questionar por que a educação também não poderia mudar.