Curso de apps forma docentes de centros comunitários

Educadores que trabalham em centros comunitários que atendam jovens de 14 a 29 anos gratuitamente podem participar de formação de Desenvolvimento de Aplicativos promovida pelo Comitê para a Democratização da Informática (CDI), no Rio de Janeiro e em São Paulo. A iniciativa destinada a profissionais de instituições parceiras do CDI é grátis e busca aprimorar a formação dos docentes para a facilitação de aprendizagem.

“O curso funciona da seguinte maneira: as nossas instituições parceiras liberam seus educadores, que vão até o CDI, passam pelo nosso curso de três dias, aprendem nossa metodologia e voltam para seus locais de trabalho para ministrar um curso online de 15 horas aos jovens”, explica a gerente de relacionamento do CDI, Camila Rocha. Para que os docentes possam ministrar as aulas posteriormente, os centros comunitários devem ter pelo menos uma sala de informática equipada com internet.

Segundo ela, a temática de aplicativos foi escolhida por se tratar de uma linguagem atual, pela qual os jovens, além de aprenderem a programar, desenvolvem habilidades do século 21, como resolução de problemas, capacidade de empreender, espírito de liderança e colaboração. “Nosso objetivo principal é transformar a realidade desse jovem, dar autonomia e fazê-lo protagonista da própria vida, tudo isso através do empoderamento digital”.

As aulas, que acontecerão semanalmente durante o mês de julho na sede do CDI (em Laranjeiras, no Rio de Janeiro), possibilitarão o contato dos professores, através de uma plataforma digital, com profissionais de diversas áreas, que ajudarão no aprimoramento de habilidades de facilitação de aprendizagem. Além disso, os inscritos no curso receberão treinamento além das dependências do CDI, tanto virtualmente (através de uma plataforma de mentoria com especialistas – ainda em desenvolvimento) quanto presencial, através de plantões de dúvidas. Ambas estratégias incentivam a troca de experiências mesmo depois de o curso acabar.

Os encontros, que também acontecerão em São Paulo de 2 em 2 meses, possibilitarão o reconhecimento de jovens e professores de destaque em um evento no final deste ano, ainda sem data definida.

O CDI ficará responsável por fornecer todo o material necessário, além de refeições para os participantes. Para mais informações sobre as turmas de São Paulo e do Rio de Janeiro, os interessados podem acessar o espaço CDI Comunidade. Para realizar a inscrição, a Instituição de Ensino precisa ser cadastrada no site do CDI.

 

Fonte: